Kalanchoe luciae Suculenta – Como Cuidar

Kalanchoe luciae é uma planta simples de se cuidar, com folhas muito atraentes. Aprenda tudo sobre como cuidar de uma Kalanchoe luciae neste artigo.

Classificação de Kalanchoe luciae

Família: Crassulaceae

Subfamília: Sedoideae

Tribos: Kalanchoeae

Gênero: Kalanchoe

Características de Kalanchoe luciae

Esta planta suculenta é nativa de Moçambique, Zimbábue e África do Sul.

A planta pode atingir mais de 60 centímetros de altura.

Suas folhas são planas, arredondadas, e podem atingir 15 centímetros de comprimento. São verde-pálido com margens vermelhas durante as estações frias. Ocasionalmente, se a temperatura cair muito, as folhas podem ficar completamente vermelhas.

A planta geralmente é confundida com a Kalanchoe thyrsiflora.

kalanchoe folhas

As Flores de Kalanchoe luciae

A floração dá origem a aglomerados de flores de cor creme. Note ser uma planta monocárpica, ou seja, morre após a floração.

Kalanchoe luciae Como Cuidar

As plantas Kalanchoe são famosas por seu fácil tratamento, altamente recomendadas para o interior.

Tenha em mente que a maioria das plantas de Kalanchoe são tóxicas para humanos e animais.

Em geral, elas toleram bem os climas quentes e secos. Mesmo com sol direto, embora com cautela, pois pode queimar as folhas.

Tenha cuidado com a umidade. É importante usar um substrato bem drenado para evitar que a planta se alague e apodreça.

kalanchoe lucia em vaso

Cuidado Kalanchoe luciae:

Regar Kalanchoe

Rega abundante, mas infrequente. O substrato deve sempre secar antes de regar novamente. No inverno limitar a rega a um mínimo.

Temperatura para Kalanchoe

Não tolera bem temperaturas abaixo de 10 °C.

Solo Kalanchoe luciae

Precisa de boa drenagem para evitar umidade.

Luz para Kalanchoe

Precisa de muita luz. Tolera sol direto com cautela.

Como Propagar a Planta de Kalanchoe

As plantas do gênero Kalanchoe se reproduzem muito facilmente através de um corte de folha ou caule.

Se decidirmos por estacas, o ideal é cortar uma folha ou caule com uma faca afiada. Tenha cuidado com o resto das folhas porque elas saem facilmente.

Assim que tivermos o corte, devemos deixá-lo secar até que se forme um calo na área cortada. Desta forma, evitamos que ele absorva o excesso de umidade nas primeiras semanas.

Assim que tivermos o calo, plantamo-lo no substrato recomendado e, dentro de algumas semanas, começaremos a ver a atividade.

Tenha em mente que se trata de uma planta de crescimento lento.

kalanchoe