Como Cultivar Gerbera em Vaso Passo a Passo

São bonitos, coloridos e muito fáceis de cuidar. Gerberas são plantas floridas que retornam aos jardins ou pátios a cada ano para embelezá-las durante toda a estação. Saiba como cultivar gerbera em vaso passo a passo neste artigo.

Quando são Semeadas as Sementes de Gerbera?

Estas belas plantas são semeadas na primavera-verão, então o ideal é obter as sementes para aqueles meses. Entretanto, se você tem uma estufa, ou se vive em um clima sem geadas ou muito ameno, você também pode semeá-las no outono; desta forma, você pode chegar um pouco antes da estação e fazê-las florescer mais cedo.

Você também deve ter em mente que são plantas perenes, ou seja, vivem por vários anos. Durante as primeiras semanas de vida eles usam toda sua energia para crescer, e se as condições estiverem certas e as mudas forem suficientemente fortes, eles também produzirão suas primeiras flores. Mas cuidado, a qualidade das flores pode não ser tão boa no primeiro como no segundo ano, portanto, se isso acontecer, não se preocupe.

jardim gerbera flores

Como Cultivar Gerbera em Vaso

Se você ousar semear suas sementes, recomendamos que primeiro obtenha o seguinte:

Substrato universal

Bandeja de sementeira

Regador

OPCIONAL: cobre ou enxofre para evitar infecções fúngicas (transmitidas por fungos)

Entendeu? Agora vamos descobrir como é o passo-a-passo:

como cultivar gerbera em vaso

Como Cultivar Gerbera em Vaso Passo a Passo

1- A primeira coisa a fazer é preparar o canteiro de sementes. Como a ideia é ter vários espécimes, é melhor plantá-los em bandejas de sementes. Encha-o com substrato universal, e certifique-se de que cada alvéolo (cada buraco) esteja completamente preenchido com terra. Você pode fazer isso com os dedos, pressionando para baixo, ou colocando uma bandeja do mesmo tamanho em cima, colocando as mãos em cima dela e pressionando cuidadosamente para baixo.

Se você perceber ser necessário, não hesite em acrescentar um meio de crescimento mais universal.

2- O próximo passo é regar o substrato com o regador (é importante que ele tenha a “bico” ligada, para que a água saia suavemente), para que seja bem umedecido. Portanto, é preciso despejar água até que saia dos orifícios de drenagem, pois é importante que as sementes estejam em um ambiente úmido para que possam germinar.

3- Em seguida, coloque no máximo duas sementes em cada alvéolo, um pouco separadas uma da outra, e cubra-as com um -muito pequeno substrato, apenas o suficiente para que não sejam visíveis a olho nu e não possam ser levadas pelo vento. Se você desejar, agora é um bom momento para polvilhar um pouco de cobre ou enxofre em cima.

Regue novamente, e finalmente coloque a bandeja em uma área com luz solar direta, no exterior.

O substrato deve ser mantido úmido, mas não deve ser encharcado. As sementes de gerbera germinarão em um prazo máximo de 2-3 semanas. Quando as raízes saem do buraco no alvéolo, você pode movê-las para vasos maiores de cerca de 20-30 cm, ou para o jardim.

gerbera em jardim

Cuidados com a Gerbera

Finalmente, vou lhes dizer quais são os cuidados básicos da gerbera:

Localização: sempre em uma área com luz solar direta. Desta forma, ela poderá florescer com boa saúde.

Solo:

Vaso: meio de cultivo universal.

Jardim: Cresce em solos ricos em matéria orgânica e com boa drenagem.

Rega: Deve ser regada 2-3 vezes por semana no verão, e cerca de 2 vezes por semana no resto do ano. Não borrifar as folhas ou flores.

Fertilização: Durante toda a estação de floração é aconselhável fertilizá-la com um fertilizante como o guano, ou um fertilizante para plantas floríferas.

Poda: Corte de flores murchas e folhas secas com tesouras previamente desinfetadas.

Dureza: resiste a geadas suaves e pontuais até -2 °C, mas é melhor que não desça abaixo de 10 °C.

flores gerbera